Padres casados….

Meu amigo Ierárdi publicou esta comunicação enviada pelo Padre Luiz Carlos de Oliveira, Redentorista!

Espero que esta com esta postura os padres que deixaram o ministério possam mesmo ter um espaço maior dentro da via paroquial e colaborar com a evangelização e participação ativa na comunidade. Entendo que pode ser bom.

 Olha aí rapais, que mudança de posição? Essa pode ser espalhada. Pe. Luiz Carlos

O Vaticano exorta os bispos: deixai que os padres ‘secularizados’ exerçam um papel ativo no interior da paróquia.

Vaticano enviou um apelo aos bispos diocesanos para encorajarem os padres que deixaram o ministério afim de unir-se em matrimônio a que desenvolvam um papel mais ativo na vida paroquial. Numa cópia de uma carta, o cardeal Ivan Dias, prefeito da Congregação para a Evangelização dos Povos, confia aos bispos maior poder odiscricional para discernir no mérito o envolvimento na vida paróquial dos clérigos que tenham recebido dispensa de seu ministério. A carta, datada de 2 de fevereiro de 2011, fora enviada a um padre, já trabalhando na Sociedade missionária australiana, que havia escrito à Congregação na busca de uma atenuação das proibições relativas ao clero dispensado.

A informação é de Madeleine Teahan e publicada pelo jornal The Catholic Herald,29-09-2011. A tradução é de Benno Dischinger.

O cardeal Dias escreveu que as reformas vaticanas que estariam sendo preparadas, permitiriam aos padres dispensados conduzirem uma vida mais ativa no interior da Igreja, como leigos católicos empenhados sob a guia de seu bispo. A modalidade usual de redução ao estado laico e de dispensa do voto do celibato sacerdotal é obtida através de um “rescrito da Sé Apostólica”, que significa uma resposta da parte do Papa ou de uma Sagrada Congregação sobre a concessão de um favor e as condições sob as quais este é concedido.

O rescrito, permitindo a redução ao estado laico de um padre, veda consequentemente a celebração da Missa, fazer homilias, administrar a Eucaristia, ensinar ou trabalhar no interior de seminários e também fixa limites ao ensinamento teológico nas escolas e nas universidades. A carta do cardeal mostra que a aplicação de metade destas proibições previstas pelo reescrito seria agora posta sob a discrição do bispo local.

Não seriam mais a considerar-se em absoluto proibições como o ensinamento da teologia nas escolas ou universidades, seja católicas como não católicas e o envolvimento com a paróquia onde o padre costumava celebrar e administrar a Eucaristia

IHU – Instituto Humanitas Unisinos

Antônio Ierárdi Neto

O importante é o que nos une e não o que nos separa.(João XXIII)
Visite os blogs:
http://tavoladosseminarios.blogspot.com
http://uneserinterativa.blogspot.com
http://ierardisp.wordpress.com
http://ierardibr.blogspot.com

Anúncios

Sobre joaoloch

Psicólogo. Acupunturista. Quiropraxista, Terapeuta em Florais de Bach e Reiki, Mestre em Educação. Prof. Universitário. Clínica particular de Psicologia e Acupuntura End.: Rua Carlos Gomes, 697 - Vila Williams - Garça SP Fone (14) 34061605
Esse post foi publicado em Igreja. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para Padres casados….

  1. katia Benicá. disse:

    Padre tem que casar se for de sua vontade, meu Deus do céu!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s