PSICÓLOGA PERSEGUIDA POR DECLARAR SUA FÉ

Psicóloga intimada a negar sua fé cristã

– A notícia foi divulgada no dia 17 de fevereiro 2012: O
Conselho de psicologia do Paraná deu um prazo de 15 dias para que a psicóloga Marisa Lobo tire das redes sociais toda mídia que a vincule a sua fé Cristã ameaçando-a de cassação.
A psicóloga publicou uma imagem sua em frente ao Conselho Regional de Psicologia do Paraná lendo uma Bíblia, enquanto aguardava para ser ouvida pelas fiscais e afirmou na rede social que estava lendo “seu manual de ética”. A foto causou escândalo e Marisa recebeu ultimato para que retire de seus perfis em mídias sociais toda e qualquer menção à sua crença pessoal de fé.

– Psicóloga preside movimento “Maconha Não” – As denúncias contra a psicóloga teriam sido feitas por ativistas homossexuais e outros favoráveis à legalização das drogas. Ela preside o movimento contra a legalização da Maconha e de quaisquer outras drogas que venham a prejudicar a saúde mental,
física e social do ser humano. O movimento conta com o apoio de deputados federais de todo o país.

– Psicóloga teria ferido o conselho de psicologia – As duas fiscais que receberam a psicóloga Marisa Lobo objetaram que sua postura de declarar-se psicóloga e cristã, assumindo-a nas redes sociais, além dos seus questionamentos ao conteúdo do polêmico kit gay que seria distribuído nas escolas públicas do Brasil, supostamente feriam o conselho de psicologia por estar “induzindo pessoas a posições contrárias ao homossexualismo e a convicções religiosas”.

– Psicóloga se declara perseguida – Marisa Lobo relatou: “Perseguem-me pelas minhas posições de direito de professar minha fé! Ouvi coisas absurdas, uma pressão psicológica que se eu não tivesse sanidade mental, teria me acovardado e desistido de minha fé!” Completa: “Tentaram o tempo todo me vincular a homofobia. Deixei claro que processaria todos eles, pois não sou homofóbica, nunca agredi ninguém apenas tenho minhas opiniões, que foram claramente negadas a mim pelas fiscais, me senti
tolhida em meu direito de liberdade de expressão!”

– Argumentos das fiscais – As duas fiscais que receberam a psicóloga fizeram-lhe as seguintes advertências: “Você não pode se dizer Cristã e psicóloga ao mesmo tempo. É ferir o código de ética. Você não pode dizer que Jesus cura, sendo psicóloga. Você não pode se dizer psicóloga e cristã. Guarde sua fé para você. Não tem direito de externar para a mídia. Você não pode dar declarações que induzam pessoas a acreditar que seu Deus cura, como faz em seus sites e blogs!”

– Psicóloga protesta – Explica-se a psicóloga: “Deixei claro que não uso a religião para tratar meus pacientes, não tenho nenhuma reclamação em 15 anos no conselho, eles sabem disso. Com meus pacientes nunca cometi um erro. Sou uma cidadã livre. A Constituição me dá esse direito de professar minha fé fora do meu consultório, mas como psicóloga não?”

– Deram-lhe 15 dias de prazo – A psicóloga Marisa Lobo disse que lhe deram 15 dias para tirar das redes sociais tudo que a vincule à religião, mas ela já se manifestou: “Não nego minha fé!” Em resposta ouviu das fiscais: “Você não precisa ser cassada! Pode abandonar a psicologia! Ou então, deixe de falar de seu Deus e de sua fé!” E a psicóloga cristã: “Vamos para o enfrentamento e cassação”

Fonte: http://www.aparecidadasaguas.com.br

Considero que talvez essas conselheiras estejam confundindo o que é realmente relativo ao bom exercício da profissão e a vida pessoal dos profissionais. Pode ser que tenham confundido alguns aspectos do papel que desempenham ou estejam mesmo extrapolando a função para a qual foram eleitas. Pelo raciocínio delas, daqui a pouco o psicólogo não pode ter um partido político, torcer por um time e outras coisas mais. Além do mais estão incorrendo no risco de serem processadas por ameaça e desrespeito ou preconceito contra as convicções da psicóloga. Provavelmente se perguntasse a elas se são a favor da censura, negariam. Se os demais psicólogos do conselho não se posicionarem a coisa poderá ir muito mais longe.

Anúncios

Sobre joaoloch

Psicólogo. Acupunturista. Quiropraxista, Terapeuta em Florais de Bach e Reiki, Mestre em Educação. Prof. Universitário. Clínica particular de Psicologia e Acupuntura End.: Rua Carlos Gomes, 697 - Vila Williams - Garça SP Fone (14) 34061605
Esse post foi publicado em FÉ E VIDA. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s