PAPAI NOEL

Origem do “Papai Noel”

S. Nicolau é o santo que representa o Papai Noel. Ele nasceu na Ásia
Menor, no fim do século III. Desde sua infância já demonstrava uma profunda religiosidade quando se aproximou de seu tio, que era bispo naquela cidade, Patara. Ainda jovem, ele foi ordenado sacerdote.
Após a morte de seus pais, ele herdou uma grande fortuna e, por ser homem bom e caridoso, sem qualquer vontade de ter tal riqueza para si, ele começou a distribuir suas riquezas entre as pessoas pobres que estavam ali por perto. Mas ele não queria ser conhecido como “o homem que ajudava” e, por isso, fazia isso secretamente, vestindo-se de modo estranho. Guardava sua imagem boa somente para si.
Nicolau foi nomeado bispo de Mira, que fica na atual Turquia. Tornou-se muito conhecido devido a sua generosidade e também era do conhecimento do povo que ele amava as crianças e que orava pela
proteção de todos os marinheiros. Muitos de seus contemporâneos testemunharam sua humildade e sua paciência. Ele era de uma simplicidade que encantava a todos. Dizem que comia apenas uma vez ao dia e distribuía o resto aos famintos e necessitados das proximidades.
Nicolau é conhecido por São Nicolau de Mira e também de Bari. Ele é padroeiro da Rússia, da Grécia, de Lorena, na França, de Mira, na Turquia, e de Bari, na Itália. Padroeiro também das crianças, das
moças solteiras, dos marinheiros, dos prisioneiros e dos lojistas. Por tudo isso, os dados de sua vida se misturam às tradições seculares do cristianismo.
Desenvolveu seu apostolado também na Palestina e no Egito. Durante as perseguições do imperador Diocleciano, foi preso até à época em que foi decretado o Edito de Constantino, sendo finalmente
libertado. Morreu no dia 6 de dezembro de 326, em Mira. Imediatamente, o local da sepultura se tornou meta de intensa peregrinação. O seu culto se difundiu antes na Ásia, e o local do seu túmulo, fora da área central de Mira, se tornou meta de peregrinação.

 “S. Nicolau de Bari”

Depois, mais de sete séculos passados da sua morte, “Nicolau de Mira” se tornou “Nicolau de Bari”. Em 1087, a cidade de Bari, na Puglia, na Itália, sofria a subjugação dos normandos. E Mira já estava sob domínio dos turcos muçulmanos. Setenta marinheiros italianos desembarcaram nessa cidade e se apoderaram das suas relíquias mortais, levando-as para Bari. O corpo de são Nicolau foi acolhido, triunfalmente, pela população de Bari, que o elegeu seu padroeiro celestial. Seu culto se propagou em toda a Europa. A sua figura bondosa e caridosa, símbolo da fraternidade cristã, mantém-se viva. Sua imagem acabou sendo personificada, através dos comerciantes, nas vestes de “Papai Noel” nos países latinos, de “Nikolaus” na Alemanha, de “Santa Claus” nos países anglo-saxões e de “Pai Natal” em Portugal.

Anúncios

Sobre joaoloch

Psicólogo. Acupunturista. Quiropraxista, Terapeuta em Florais de Bach e Reiki, Mestre em Educação. Prof. Universitário. Clínica particular de Psicologia e Acupuntura End.: Rua Carlos Gomes, 697 - Vila Williams - Garça SP Fone (14) 34061605
Esse post foi publicado em FÉ E VIDA, FORMAÇÃO HUMANA. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s