Alimento que cura

“O caminho para a Páscoa”

Alimento que cura

São Lucas escreve em seu evangelho que Jesus “caminhava à frente subindo para Jerusalém” (Lc 18,28). Sua disposição é realizar o desígnio do Pai. Nesse caminho passa por três momentos fundamentais: A Ceia, a Cruz e a Sepultura que na verdade é um acontecimento conjunto. Deste modo temos total união da refeição de Jesus, a Última Ceia e seu Sacrifício na Cruz. A oração da missa nos leva a rezar: “Ao entregar-se à morte, deu a sua Igreja um novo e eterno sacrifício, como banquete do seu amor”. Por este mistério chegamos à caridade total. Jesus, para que pudéssemos receber e participar da salvação que nos veio por sua Morte e Ressurreição, assumiu a refeição sagrada na qual, dum jeito humano, participamos do que é divino. Realizamos a Páscoa. Para que a refeição se torne sacrifício ela deve ser regada pela caridade que é serviço fraterno, como foi o serviço de Jesus na cruz. Missa, sem amor fraterno de serviço ao outro, perde sua razão. A missa perdeu o estilo de refeição, mas não pode perder a característica de comunhão fraterna que é sinal da comunhão com Cristo. O símbolo, se não for bem apresentado, perde seu valor educativo. Assim a comunhão passa a ser devoção individual e não a comunhão de vida com Cristo e os irmãos. Por isso ensina o mandamento do amor.

Morrer para ter Vida

            Jesus, com sua morte, derramando seu sangue, nos deu o mistério da Páscoa. Lembramos que o povo saiu do Egito celebrando uma ceia na qual comeram a carne de um cordeiro passando o sangue do animal nos portais da casa para a libertação do anjo exterminador. Assim começou a Páscoa do povo de Deus. Jesus celebrou a ceia pascal do povo comendo a carne do cordeiro. Nela criou a ceia pascal dos cristãos, Eucaristia. O Cordeiro imolado agora é Ele. Por seu sangue somos salvos. Este sangue nós o temos na Eucaristia. Jesus é o Servo de Deus que se fez servo de todos. Nós temos a Páscoa em nossa vida quando colocamos nossa vida a serviço de Deus e das pessoas. Sem isso, não comemos a Páscoa. Celebrar a Morte de Jesus na Sexta-feira Santa, é unir-se ao Cristo que se oferece ao Pai pelo mundo. S. Leão Magno escreve: “Quem venera realmente a Paixão do Senhor deve contemplar de tal modo, com os olhos do coração, Jesus crucificado, que reconheça na carne do Senhor a sua própria carne”. Não basta sentir pena do sofrimento de Cristo, mas é preciso participar assumindo sua Vida.

A Páscoa para a Vida Nova

            A Liturgia da noite de Páscoa tem muitos símbolos que explicam para nós o que é a Ressurreição de Jesus e como essa Páscoa penetra nossa vida. Nesta noite renovamos nosso batismo. Nós fazemos esta cerimônia à luz do Círio Pascal, o fogo novo. Lembramos toda a história do povo de Deus e nossa história pessoal em Jesus Salvador. Jesus é a Luz do mundo que saiu da sepultura para iluminar. Os que são iluminados por Ele são batizados nas águas, participando de seu fogo e sua luz. Vivemos a Páscoa da Nova Aliança. Agora nós nos comprometemos com Deus através do Sangue de Jesus. Somos libertados, como os judeus que passaram o Mar Vermelho. Nós passamos nas águas do Batismo. É uma nova criação. Vivemos para as coisas do alto, unidos a todos os santos. Somos identificados com Cristo em sua morte e ressurreição. No momento atual de Igreja, temos que viver mais intensamente o Mistério Pascal de Cristo para que as pessoas sejam transformadas e se transforme assim o mundo. A Igreja tem uma missão que nada poderá abafar. Por isso podemos cantar: Aleluia!

Pe. Luiz Carlos de Oliveira, Redentorista

Anúncios

Sobre joaoloch

Psicólogo. Acupunturista. Quiropraxista, Terapeuta em Florais de Bach e Reiki, Mestre em Educação. Prof. Universitário. Clínica particular de Psicologia e Acupuntura End.: Rua Carlos Gomes, 697 - Vila Williams - Garça SP Fone (14) 34061605
Esse post foi publicado em Espiritualidade e marcado , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s