BENEFÍCIOS DA MENTIRA…

Segundo a Revista Mente&Cérebro, Ano XIX, número 242, p. 74, a psicóloga Anita Kelly, da Universidade de Notre Dame, resolveu fazer uma pesquisa relacionando o falar a verdade e saúde. E descobriu algumas coisas interessantes. “Deixar de contar pelo menos três mentiras por semana ajuda a evitar sintomas físicos e psíquicos relacionados ao estresse”.

Ela dividiu 110 pessoas entre 18 e 71 anos em dois grupos: instruiu o primeiro a evitar mentiras, inclusive as mais “inocentes”, como criar desculpas para faltar a compromissos. A cada sete dias, todos os voluntários responderam a um questionário de avaliação de sua saúde física e mental e foram submetidos a testes com detector de mentiras, o que ofereceu uma média de quantas vezes mentiram na semana.  Constatou-se que três mentiras a menos equivaleram a quatro menos reclamações sobre tensão e melancolia e a três sobre dores de cabeça e de garganta. Mesmo os que não sabiam o que os pesquisadores estavam querendo provar relataram melhora na saúde de modo geral – três mentiras a menos eliminavam duas reclamações de desconforto psíquico e uma de dores físicas.

Segundo Anita, cada vez que mentimos, há aumento do nível de estresse: a glândula suprarrenal secreta hormônios, o coração acelera e a pressão sanguínea sobe. A frequência desse estímulo de “alerta” pode sobrecarregar o organismo e desencadear sinais de estresse.

Tendo conhecimento disso, as pessoas que gostam de si e querem ter uma vida com mais qualidade, menos estresse e suas consequências, podem fazer uma ótima opção: mentir menos. Quanto mais se mente, pior fica a saúde. Dependendo da mentira a pessoa cria situações embaraçosas e de sofrimento para outros, mas atinge primeiro a si mesma. Acaba sendo a mais prejudicada. É a história do tiro que sai pela culatra.

Muitas vezes a mentira é fruto de uma imaginação muito fértil. As crianças costumam ter muitas fantasias e as contam como sendo verdade. Sendo criança faz parte do desenvolvimento e os adultos até sabem quando ela está “inventando”. Normalmente são estórias que não prejudicam ninguém. O ruim é quando a pessoa fica adulta e confunde sua imaginação com a realidade, falando para os outros como se fosse verdade. Às vezes isto chega a um grau que pode ser considerado um desequilíbrio psicológico, uma doença. Outras vezes é fruto de maldade mesmo, causando estragos. Esta maldade pode se consequência de um sentimento de inferioridade. A pessoa precisa sempre se autoafirmar como sendo a melhor, a mais inteligente…. e como não tem certeza dessa superioridade, procura diminuir as qualidades dos demais e até a projetar nos outros as suas limitações e maldades. É uma pena, porque além de não viver bem não tolera que outros estejam bem e, pelo fato de suas fantasias serem constantemente desmascaradas, acaba ficando cada vez mais isolada e neurótica.

Até percebermos a dinâmica dessas pessoas, muitas vezes, já fomos atingidos pelo seu veneno ou desequilíbrio. Aí o que precisamos fazer é nos protegermos, estando atentos para não cairmos em arapucas. E, sendo possível, termos o menor número de contatos possível. Essas pessoas são muito craques em colocar uns contra os outros. Só se sentem felizes quando espalham a infelicidade para os outros, passando-se por inocentes e cheias de boa vontade.

Como mostra a pesquisa, o veneno que distribuem atinge primeiro a elas, apesar de não saberem.  

Anúncios

Sobre joaoloch

Psicólogo. Acupunturista. Quiropraxista, Terapeuta em Florais de Bach e Reiki, Mestre em Educação. Prof. Universitário. Clínica particular de Psicologia e Acupuntura End.: Rua Carlos Gomes, 697 - Vila Williams - Garça SP Fone (14) 34061605
Esse post foi publicado em Psicologia, Saúde e bem-estar e marcado , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s