Reforma da Cúria Romana

Reforma da Cúria do Vaticano: a ideia é mais antiga!

– Ao completar o seu primeiro mês como “Bispo de Roma”, o Papa Francisco tomou a decisão mais importante do seu pontificado. Ele constituiu um grupo de oito cardeais, para ajudá-lo no governo da Igreja. A medida é original. Nenhum papa partilhou, oficialmente, o seu poder com outras pessoas. Mas, desde Paulo VI, logo depois do
Concílio Ecumênico Vaticano II, a sugestão de formar um grupo de “conselheiros próximos”, uma espécie de “senado” que acompanhasse o papa nas decisões que ele deve tomar, começou a ser pensada, como resposta aos anseios de maior participação que o Concílio tinha suscitado. Agora a sugestão se concretiza. A medida foi tomada depois que o Papa Francisco completou o primeiro mês de pontificado. Escolheu cardeais de todos os continentes. Está com isso buscando, com um grupo menor, alcançar os mesmos objetivos dos “sínodos continentais”, instituídos por João Paulo II.

Reforma da Cúria do Vaticano: ideia de 1931

– Uma Cúria, porém, com “mais representação e mais colegialidade”, uma Cúria com “mais diálogo em sentido bidirecional numa organização moderna e eficiente”, uma Cúria com uma plena “reavaliação do exercício da missão dos bispos”, uma Cúria
“principalmente menos italiana”… já era ideia bem mais antiga: está num documento do ano de 1931, e seu autor foi um cardeal holandês, Willem Marinus van Rossum, missionário redentorista, que já naquela época apresentou as reformas pretendidas hoje e fez as mesmas críticas que se fazem hoje, talvez até mais duras que as de hoje! Trata-se de um texto de umas vinte páginas, em latim e alemão, do holandês Willem Marinus van Rossum (1854-1932), redentorista, criado cardeal por Pio X em 1911 e
prefeito da “Propaganda Fidei” com Bento XV e Pio XI. O texto tem como titulo “Sobre algumas coisas que têm que ser mudadas no governo eclesiástico”. Entre os remédios, o documento de 1931 já afirmava que “se deveriam abrir novos canais de comunicação!” (O texto de 1931 encontra-se no livro intitulado: “Suavis laborum memoria. Chiesa, Papato e Curia Romana tra storia e teologia. Scritti in onore di
Marcel Chappin SJ per il suo 70° compleanno”, preparado por Paul van Geest e Roberto Regoli, Arquivo Secreto do Vaticano, Cidade do Vaticano, 2013, pp 618, euro 35,00.)
Fonte: Pe Geraldo Rodrigues, CssR

Anúncios

Sobre joaoloch

Psicólogo. Acupunturista. Quiropraxista, Terapeuta em Florais de Bach e Reiki, Mestre em Educação. Prof. Universitário. Clínica particular de Psicologia e Acupuntura End.: Rua Carlos Gomes, 697 - Vila Williams - Garça SP Fone (14) 34061605
Esse post foi publicado em Igreja e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s