ESCRAVIDÃO MODERMA

Líderes religiosos assinaram documento contra escravidão moderna
– No dia 02 de dezembro de 2014, Dia Internacional para a Abolição da Escravidão, líderes religiosos estiveram reunidos com o Papa Francisco e assinaram um documento contra a escravidão moderna e o tráfico de pessoas. A iniciativa histórica foi promovida pela Organização “Global Freedom Network”, sob inspiração do Papa Francisco e do Primaz Anglicano, Justin Welby. Pela primeira vez, católicos, ortodoxos, anglicanos, judeus, muçulmanos, budistas e hinduístas se reuniram na Casina Pio IV, no Vaticano, para assumir o compromisso das religiões pela eliminação, até 2020, de toda forma de escravidão, em todo o mundo e para sempre.
Na declaração comum, os líderes religiosos destacam que “a escravidão moderna, nas formas de tráfico de seres humanos, trabalho forçado, prostituição, tráfico de órgãos e qualquer outro tipo de relação que não respeite o princípio fundamental de que todos os homens são iguais e têm a mesma liberdade e dignidade, são um crime contra a humanidade, devendo ser reconhecidos como tal por todas as
nações”.

Ações concretas contra a escravidão moderna!
– Entre os pontos do acordo assinado no dia 02 de dezembro de 2014, Dia Internacional para a Abolição da Escravidão, em encontro com o Papa
Francisco e líderes religiosos, todos os participantes se comprometeram em inspirar a ação espiritual e a prática nos fiéis e pessoas de boa vontade, em todo o mundo, pela erradicação da escravidão moderna, mobilizando jovens, famílias, escolas e universidades para que o tema seja conhecido. Um convite será
enviado em breve a 50 grandes empresas para que seja excluído qualquer tipo de escravidão de seu ambiente de trabalho. O mesmo convite será encaminhado a 162 governos, buscando angariar o apoio público de ao menos 30 Chefes de Estado, ainda antes do final de 2014. Outro objetivo será que os países que formam o G20 condenem o tráfico de pessoas e adotem medidas contra esta chaga social e
apoiem o acordo. Deverá ser anunciado ainda a instauração de um dia mundial de oração pelas vítimas e por sua libertação.

G20, abreviatura para Grupo dos 20
– Trata-se de um grupo formado pelos ministros de finanças e chefes dos bancos centrais das 19 maiores economias do mundo mais a União Europeia. Foi criado
em 1999, após sucessivas crises financeiras da década de 1990. Visa favorecer a negociação internacional, integrando o princípio de um diálogo ampliado, levando em conta o peso econômico crescente de alguns países. O peso econômico e a representatividade do G20 conferem-lhe significativa influência sobre a gestão do sistema financeiro e da economia global.O G20 estuda, analisa e promove discussões entre os países mais ricos e os emergentes sobre questões
políticas relacionadas com a promoção da estabilidade financeira internacional e encaminha as questões que estão além das responsabilidades individuais de qualquer organização.
Pe Geraldo Rodrigues, CSsR

 

Anúncios

Sobre joaoloch

Psicólogo. Acupunturista. Quiropraxista, Terapeuta em Florais de Bach e Reiki, Mestre em Educação. Prof. Universitário. Clínica particular de Psicologia e Acupuntura End.: Rua Carlos Gomes, 697 - Vila Williams - Garça SP Fone (14) 34061605
Esse post foi publicado em Cidadania, FORMAÇÃO HUMANA e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s