Construir a paz

“Eu vos dou a paz”

Uma paz garantida

Vivemos um ano dedicado à paz. Não vi ainda como esteja funcionando. Contudo, paz foi a primeira palavra que Jesus disse após a Ressurreição: Paz a vós! Sabemos que esta palavra é uma saudação dos judeus. É o Shalom aleikhem! Esta palavra compreende todas as riquezas espirituais e materiais que possamos desejar a uma pessoa. É como nosso bom dia. É um mero cumprimento que, como uma pedra preciosa que, mesmo coberta de ganga, não perde seu valor. Mas Jesus o diz duas vezes. O evangelista João escreve que os discípulos estavam fechados com medo dos judeus. Jesus se põe no meio deles e diz: ‘“Paz a vós!’ Tendo dito isto, mostrou-lhes as mãos e o lado. Os discípulos exultaram por verem o Senhor. E lhes disse de novo: ‘Paz a vós”’ (Jo 20,19-20). Entendemos que há dois modos de construir a paz: no relacionamento das pessoas e no relacionamento com Deus. Jesus veio estabelecer a paz entre o Céu e a terra. Suas chagas impressas no corpo ressuscitado mostram-nos que a paz veio de sua Morte e Ressurreição. Para que essa paz chegue a todos, envia seus discípulos: “Como o Pai me enviou também Eu vos envio” (21). O Shalom que nos deseja é para ser levado a todos como redenção. Por isso, soprando sobre eles, dá o Espírito Santo fazendo-os novas criaturas. Estabelece o perdão dos pecados para romper com toda a divisão. Eliminando-se o pecado, surge o homem novo, um homem da paz. A paz não é só uma saudação, mas uma recomposição do coração e do mundo. Jesus ressuscitado estabelece um mundo novo como um retorno ao paraíso terrestre. Por isso, conclui João no Apocalipse: “Eis que faço novas todas as coisas” (Ap 21,5). A Jerusalém celeste, proclamada neste capítulo, se constrói aqui no mundo na paz de Jesus.

Renovando as estruturas

Para construir a paz que nos veio da Morte e Ressurreição de Cristo contamos com o Espírito Santo que nos foi dado. O Espírito será o mestre que nos ensinará a construir esse mundo novo. A paz nasce no coração. Se não colocarmos nosso coração em sintonia com o Espírito não poderemos cultivar esse paraíso terrestre como fazia Adão (Gn 2,15). Não haverá paz no mundo nem nos corações, se não houver em nós a ação do Espírito Santo. Mesmo que não se fale do Espírito, a paz se constrói a partir Dele. O Espírito, como o vento, sopra onde quer. Não o vemos, mas vemos sua ação. Assim falava Jesus a Nicodemos (Jo 3,8). O que destrói a paz são as estruturas do mal e as opções egoístas das pessoas e os desvios das finalidades de paz em todas as organizações do mundo fora de Deus. Se tivermos a estrutura do bem com a abertura às pessoas e ao mundo, podemos transformar as estruturas da sociedade. O ser humano é um microcosmo. O mundo se espelha no coração humano. A proposta de Jesus é a conversão do coração.

Por que não tentar?

Temos já séculos de um Cristianismo que não conseguiu influir no mundo a mensagem de paz de Jesus. Ele ainda continua dizendo como disse chorando a Jerusalém: “Se neste dia também tu conhecesses a mensagem de paz”! (Lc 19,42). Temos muitas tentativas de paz com instituições que querem promovê-la. O que vemos é a dor e os sofrimentos das populações. Por que não tentarmos a proposta de Jesus: “Amar o inimigo, fazer bem a quem o persegue, não oprimir os sofredores, cortar tudo que pode escravizar o ser humano, promover o bem de todos, sobretudo crianças, jovem e idosos? Como diz o profeta Isaias depois de enumerar os atos que constituem a verdadeira mudança, “E tua luz surgirá como a aurora” (Is 58,8). A Ressurreição de Jesus é a certeza que o mundo pode mudar

Pe. Luiz Carlos de Oliveira – Redentorista

Anúncios

Sobre joaoloch

Psicólogo. Acupunturista. Quiropraxista, Terapeuta em Florais de Bach e Reiki, Mestre em Educação. Prof. Universitário. Clínica particular de Psicologia e Acupuntura End.: Rua Carlos Gomes, 697 - Vila Williams - Garça SP Fone (14) 34061605
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s