Comunicação e confusão

Como é muito fácil nos distrairmos e não prestarmos atenção suficiente às palavras que nos são ditas, mais fácil ainda é não percebermos o sentido do que não é dito – os gestos, a tonalidade da voz, o olhar…. E, então, nos enrolamos todo pensando que entendemos a outra pessoa e acabamos por tirar conclusões mais que atrapalhadas, defendendo-as como verdades.
E quando nos comunicamos, esperamos que o outro entenda perfeitamente a mensagem que estamos transmitindo, porque para nós é claro. E neste quesito também podemos nos enganar muito, porque o outro pode interpretar de forma bem diferente o que queríamos que ele entendesse e, no fim, pode afirmar que dissemos coisas que nem pensamos. Em consequência, pode-se começar uma discussão sem fim e que não traz proveito para nenhuma das partes. O que se pode fazer quando acontece isso? Recomeçar a comunicação com a disposição mútua de realmente ouvir e entender o que o outro está expressando ou quis expressar. Aí sim se pode ter um bom desfecho.

Anúncios

Sobre joaoloch

Psicólogo. Acupunturista. Quiropraxista, Terapeuta em Florais de Bach e Reiki, Mestre em Educação. Prof. Universitário. Clínica particular de Psicologia e Acupuntura End.: Rua Carlos Gomes, 697 - Vila Williams - Garça SP Fone (14) 34061605
Esse post foi publicado em FORMAÇÃO HUMANA e marcado , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s