A Tirania da Extroversão

Sabemos que as pessoas são diferentes em vários aspectos. As pessoas não são todos com os mesmos tipos de personalidade, com os mesmos temperamentos. Umas são mais expansivas, falantes, espalhafatosas. Outras são mais recatadas, introspectivas, recolhidas.
Muitas pessoas gostam de estar no meio de outras, em festas, expondo seus pensamentos, discutindo, mostrando o tempo todo que estão ali…
Outras preferem ficar mais em grupos pequenos ou mesmo ter um tempo maior para ficar sozinhas. Estas pessoas, não raramente, não são de chamar a atenção para si, não gostam de se expor em qualquer lugar e nem fazem questão de mostrar o tempo todo que estão ótimas, que estão bem, que são muito felizes, para que os outros vejam.
Eu coloquei “tirania da extroversão”, porque cada vez parece que há menos espaço para as pessoas que são mais introspectivas, mais recolhidas, mais quietas, que gostam de ficar mais sozinhas e dedicadas a algo de seu interesse. Por causa disso, muitas pessoas que não são extrovertida acabam se sentindo discriminadas e acabam por negar a si mesmas, achando mesmo que são esquisitas. E para não parecerem esquisitas podem entrar num esquema de viver de forma alterada da consciência para estarem “alegres”, “felizes”, mesmo que não estejam. E como fazem para parecerem ser o que não são? Pode ser por um estado de embriagues, por drogas ou por uma violência contínua a si mesmos, vivendo sempre no faz de conta, como num teatro, quando estão em algum grupo social. Isto para se sentirem aceitos.
Não tem que ser sempre expansivo ou alegre, ou parecer feliz de qualquer jeito o tempo todo. De jeito nenhum. Em alguns momentos é necessário sim fazer algum esforço para estar em interação com outras pessoas ou no ambiente de trabalho, no contexto familiar…. Mas não fique se achando um ET se você não consegue ser o tempo todo barulhento ou não se interessa por algum assunto que começa a ser debatido. Ninguém precisa gostar de tudo ou participar de tudo ou ser um cômico o tempo todo.
Para estarmos bem precisamos estar, a maior parte do tempo, sendo como realmente somos.
Anúncios

Sobre joaoloch

Psicólogo. Acupunturista. Quiropraxista, Terapeuta em Florais de Bach e Reiki, Mestre em Educação. Prof. Universitário. Clínica particular de Psicologia e Acupuntura End.: Rua Carlos Gomes, 697 - Vila Williams - Garça SP Fone (14) 34061605
Esse post foi publicado em FORMAÇÃO HUMANA, Psicologia e marcado , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s