Perseguir a felicidade

Alexis de Tocqueville, um francês que esteve na América do Norte há mais de um século, fez algumas observações muito inteligentes a respeito do povo americano, da atmosfera e do idioma do país. Diz ele que os americanos têm uma ideia enganosa na sua Constituição: a de perseguir a felicidade. Não se pode perseguir. Não dá certo.

Segundo Robert A. Johnson, a formulação, para os dias de hoje, deveria ser assim: “Se você for útil à sua realidade, você será, sem dúvida, feliz. Se você, entretanto, viver apenas perseguindo a felicidade, somente conseguirá que ela jamais lhe apareça.”
(JOHNSON, Robert A. HE: a chave do entendimento da psicologia masculina. São Paulo: Mercúrio, 1987, p. 102).

Anúncios

Sobre joaoloch

Psicólogo. Acupunturista. Quiropraxista, Terapeuta em Florais de Bach e Reiki, Mestre em Educação. Prof. Universitário. Clínica particular de Psicologia e Acupuntura End.: Rua Carlos Gomes, 697 - Vila Williams - Garça SP Fone (14) 34061605
Esse post foi publicado em FORMAÇÃO HUMANA, Psicologia, Uncategorized e marcado , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s