Nós e a família

“Saiba que a família não é você, está junto de você, compõe o seu mundo, mas não é a sua própria identidade”.
A família é muito importante, como grupo de pertença. Nosso primeiro apoio, nossa referência para muitas coisas, primeira experiência de convivência em grupo, ponto de apoio e orientação. Ali temos as pessoas mais semelhantes a nós e que compartilham conosco muitos princípios, valores, entendimento do mundo Por sermos muito parecidos e convivermos muito, até que cada um tome seu rumo, também é onde tem muitos atritos que precisam ser administrados. Justamente no grupo familiar vamos aprendendo a compartilhar, a esperar, a ceder, a ajudar e ser ajudados….
Mas cada membro da família é uma pessoa com sonhos e experiências próprias. Por isso, muitas necessidades também são diferentes e, cabe a nós, respeitarmos as diferenças de visão e de ação. Se amamos e somos amados, mesmo não concordando com algumas coisas que nossos familiares fazem ou pensam, continuamos nos apoiando, contando com eles e deixando claro que podem contar conosco, que também temos capacidade de nos desacomodarmos para melhorarmos a convivência. Sempre com bom senso.
Somos semelhantes, mas não somos iguais. É bom sempre ter isso presente, para não se sentir ofendido quando um membro não pensa e age em tudo como nós agimos. E também estar consciente de que não podemos tomar qualquer decisão em nome da família sem saber se a família concorda com aquilo.
Mas se começarmos a nos afastar muito da família, ou não fizermos nenhum esforço por aqueles que moram, que convivem conosco, pode ser que em determinada hora percebamos que ficamos sozinhos. Não fomos abandonados. Nós que abandonamos nossa família e aí, quando notarmos, pode ser que já não a alcancemos mais.

Anúncios

Sobre joaoloch

Psicólogo. Acupunturista. Quiropraxista, Terapeuta em Florais de Bach e Reiki, Mestre em Educação. Prof. Universitário. Clínica particular de Psicologia e Acupuntura End.: Rua Carlos Gomes, 697 - Vila Williams - Garça SP Fone (14) 34061605
Esse post foi publicado em FORMAÇÃO HUMANA, Psicologia, Uncategorized e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s