Crack e políticas públicas

Crack é tema de pesquisa da Fiocruz

Crack e exclusão social são temas de pesquisas realizadas pela Fiocruz.

Pesquisa apontou estigma social causado pelo uso da substância e necessidade de políticas públicas

O consumo de crack aumentou consideravelmente no Brasil. Algumas regiões, principalmente os grandes centros urbanos, vêm buscando alternativas no intuito de minimizar danos e riscos do uso prejudicial da substância. Diante dos altos índices de consumo do crack no país, a Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas (Senad) encomendou a Pesquisa Nacional sobre o Crack, desenvolvida pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz).

O estudo revelou que o Brasil possui 370 mil usuários regulares de crack nas capitais, sendo 80% homens, negros, de baixa escolaridade e renda, com média de 30 anos de idade. Em outra pesquisa, com intuito de investigar a relação entre o uso do crack e processos de exclusão e desclassificação social em diferentes esferas e dimensões, foi apontada a necessidade fundamental de políticas e linhas de cuidado para pessoas que tenham problemas com drogas.

Segundo Leon Garcia, que assina o relatório da pesquisa, quando o tema das drogas ganhou destaque no panorama político-midiático brasileiro o crack ocupou o centro do cenário. “Ao uso de crack passou a ser atribuída responsabilidade por crimes violentos e pela suposta degradação moral de parte da juventude brasileira. Jornalistas, lideranças políticas e religiosas não tiveram dificuldade em encontrar especialistas dispostos a corroborar esses e outros mitos, como o que reza que o crack vicia na primeira tragada e mata seus usuários em seis meses. Como se sabe, a primeira vítima das guerras é a verdade. Na assim chamada guerra às drogas, não tem sido diferente”, argumenta Leon. O estudo está disponível em http://repositorio.caminhosdocuidado.org/handle/handle/561.

Anúncios

Sobre joaoloch

Psicólogo. Acupunturista. Quiropraxista, Terapeuta em Florais de Bach e Reiki, Mestre em Educação. Prof. Universitário. Clínica particular de Psicologia e Acupuntura End.: Rua Carlos Gomes, 697 - Vila Williams - Garça SP Fone (14) 34061605
Esse post foi publicado em FORMAÇÃO HUMANA, Saúde, Saúde e bem-estar e marcado , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s