Regando o espinheiro

A forma como reagimos ao comportamento ou discurso da outra pessoa, pode a estar incentivando a ser conosco justamente o contrário do que queremos. Por não sabermos lidar com a situação, regamos o espinheiro achando que estamos regando a mais bela flor do jardim. Nossa cegueira ou falta de tato não nos permite discernir que estamos alimentando a árvore errada ou usando a estratégia mais torta e ficamos sem entender, além de muito desgastados.
Uma das causas dessa cegueira pode ser o orgulho que não nos permite aceitar que com alguma mudança vamos ganhar muito mais que perder, em vários aspectos da vida. Quem se sente mais sábio, equilibrado, esclarecido, é que tem uma responsabilidade maior em achar saídas melhores para qualquer conflito e reações mais equilibradas, para ajudar o outro a chegar até ele, pois se reagir ao que considera ignorância da outra parte sendo tão ignorante quanto, só faz as coisas piorarem. E aí tem que aceitar ser tão “curto” quanto a pessoa que considera uma toupeira.

Anúncios

Sobre joaoloch

Psicólogo. Acupunturista. Quiropraxista, Terapeuta em Florais de Bach e Reiki, Mestre em Educação. Prof. Universitário. Clínica particular de Psicologia e Acupuntura End.: Rua Carlos Gomes, 697 - Vila Williams - Garça SP Fone (14) 34061605
Esse post foi publicado em FORMAÇÃO HUMANA, Psicologia, Uncategorized e marcado , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s