“Corpus Christi”, um pouco de história!

A freira agostiniana, Santa Juliana de Mont Cornillon, era muito devota de Jesus na Eucaristia e revelou a seu bispo visões que teve em torno de uma festa especial com esta devoção. Em torno de sua Abadia, surgiu um movimento dando origem a vários
costumes eucarísticos. No contexto da época, conta a história que um sacerdote, chamado Pedro de Praga, vivia angustiado devido a dúvidas sobre a presença de Jesus na Eucaristia. Decidiu então ir em peregrinação ao túmulo dos apóstolos Pedro e Paulo, em Roma, para pedir o dom da fé. Ao passar pela cidade de Bolsena (na Itália), enquanto celebrava Missa, foi novamente acometido da dúvida. Na hora da Consagração veio-lhe a resposta em forma de milagre: A Hóstia branca transformou-se em carne viva, respingando sangue, manchando o corporal, os sanguíneos e as toalhas do altar, sem no entanto manchar as mãos do sacerdote pois, a parte da Hóstia que estava entre seus dedos, conservou as características de pão ázimo. A pedido do Papa Urbano IV, papa da época, os objetos milagrosos foram
levados para a cidade de Orviedo em grande procissão, sendo recebidos solenemente pelo próprio papa e levados para a Catedral de Santa Prisca.
Foi realizada, assim, a primeira procissão do “Corporal Eucarístico”. A “Festa da Eucaristia” se propagou por todo o mundo, ao longo dos séculos. Já antes de 1270 era celebrada na diocese de Colônia, na Alemanha. Surgiu ali e difundiu-se na Alemanha, na França, na Itália… Em Roma já era celebrada em 1350.
Como data da solenidade foi escolhida a quinta-feira após a celebração do domingo da Santíssima Trindade. Ficou quinta-feira, em referência à Última Ceia de Jesus. Foi quando Ele instituiu a Eucaristia: “Este é o meu corpo…isto é o meu sangue… fazei isto em memória de mim!” Mas nos tempos de hoje está sendo transferida para o domingo seguinte.
“Corpus Christi”: Na cruz, escondia-se sua divindade. Na Eucaristia, esconde-se também sua humanidade. Em ambas cremos, mesmo que com a fé do bom Ladrão e a de Tomé, que tocou nas chagas do Salvador;
Geraldo Rodrigues

Anúncios

Sobre joaoloch

Psicólogo. Acupunturista. Quiropraxista, Terapeuta em Florais de Bach e Reiki, Mestre em Educação. Prof. Universitário. Clínica particular de Psicologia e Acupuntura End.: Rua Carlos Gomes, 697 - Vila Williams - Garça SP Fone (14) 34061605
Esse post foi publicado em FÉ E VIDA, Igreja, RELIGIÃO e marcado , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s